A A A C
email
Retornando 387 resultados para a tag 'educação'

Quinta-feira, 17/05/2018

EDI Joari na 1º Jornada de Educação Alimentar e Nutricional

Tags: 9cre, edi, merenda escolar, educação alimentar.

 

Participação do EDI Joari na Jornada de Educação Alimentar e Nutricional com o projeto "Delícias do Brasil"

 

 

O Espaço de Desenvolvimento Infantil, Joari, participou, durante o ano letivo de 2017, da Jornada de Educação Alimentar e Nutricional - FNDE e Programa Nacional de Alimentação Escolar. 

 

A diretora geral do EDI Joari, Isabela Costa (segunda à direita), recebendo, em março de 2018, a certificação pela experiiência "Delícias do Brasil" realizada na unidade.

 

A partir da participação, a escola foi selecionada pelo relato: “Delícias do Brasil” para participar em Março de 2018 do 1º Encontro da Jornada de Educação Alimentar e Nutricional, em Recife!

 

O projeto teve como objetivo principal o resgate de uma parte do patrimônio culinário que integra a memória afetiva e cultural brasileira, por meio de alimentos que foram esquecidos ao longo do tempo ou ainda desconhecidos por nossas crianças e familiares. 

 

Além disso, o projeto buscou promover a valorização de uma alimentação saudável, cuidados contra obesidade infantil e a promoção do conhecimento das mais variadas espécies de frutas, hortaliças, legumes existentes em nosso país.

 

Inicialmente, o corpo docente tomou conhecimento do livro Alimentos Regionais Brasileiros, sugerido na plataforma e disponível aos participantes. A literatura infantil também foi utilizada como importante ferramenta para despertar o interesse em conhecer os mais diferentes pratos do nosso Brasil. Dessa maneira, elegeu-se o livro infantil “Delícias do Brasil”, da autora Ieda de Oliveira, para a realização de uma leitura coletiva, com alunos e responsáveis, em homenagem à cultura e ao povo brasileiro.


“Ah, o Brasil e a sua diversidade... Cada cantinho com uma cultura,
um sotaque, um hábito culinário. Cada lugar com seu charme,
seu povo carismático, sua alegria de viver e sua história!" 

 

Após a leitura do livro com as crianças e suas famílias, se propôs a confecção de receitas de pratos típicos de nossa região como: Paçoca de Amendoim e Cuscuz de Coco.

 

Leitura do livro "Delícias do Brasil" para crianças  e famílias.

 

Oficinas culinárias também foram realizadas, com o objetivo de envolver a comunidade escolar e disseminar informações de alimentos regionais brasileiros. Logo, foram exploradas diferentes áreas do conhecimento: Linguagem oral e escrita (registro das receitas), Linguagem matemática (contagem e medidas dos ingredientes), Ciências naturais (misturas e transformações), Ciências Sociais (histórias culturais dos pais e responsáveis, a partir de algumas receitas, aspectos geográficos e regionais), dentre outras.

 

Atividade sobre as regiões do Brasil com as crianças

 

 

Confecção da receita de cuscuz e paçoca - delícias do Brasil.

 

 

Distribuição dos alimentos produzido pelas crianças.

 

Dentre as riquezas observadas, foi pesquisada, principalmente, a da culinária brasileira. Surgindo assim, novas pesquisas sobre os alimentos das diferentes regiões do Brasil, desdobrando-se  em outras variadas atividades, entre junho e julho de 2017.

O trabalho foi muito enriquecedor, segundo a avaliação da equipe. No aspecto nutricional despertou a curiosidade para a experimentação das frutas e verduras das regiões. Já no aspecto cultural, foi enriquecedor, pois houve uma gama de conhecimentos relacionados as diferentes regiões do Brasil.

 

A diretora da unidade no Encontro da Jornada de Educação Alimentar e Nutricional, em março de 2018, em Recife

 

Parabenizamos a equipe de professores, crianças e familiares pela valorização da alimentação saudável e ampliação do conhecimento das mais variadas espécies de cardápios e alimentos do Brasil.

 

Para saber mais, entre em contato:
E/CRE (09.18.819) EDI Joari
Situado à Rua Berizal, s/nº Campo Grande Rio de Janeiro - RJ
Diretor: Isabela Carvalho Costa
Diretor-Adjunto: Isamara Carvalho Sardinha
Professor Articulador: Márcia Christina Von A. Menezes
edijoari@rioeduca.net

 

  


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 04/05/2018

Alface estava crescendo na E.M. Alfredo de Paula Freitas

Tags: alface, cultivo, projeto, educação física, 5ªcre.

 

A Escola Municipal Alfredo de Paula Freitas desenvolveu um projeto que contou com a colaboração da professora de Educação Física e da professora de Educação Infantil. Nessa parceria, os alunos tiveram a oportunidade de aprender noções sobre alimentação saudável, trabalhando concomitantemente, atividades de Educação Física. Confira!

 

 

Nome do projeto: Alface estava crescendo
Data de realização: 09/03/2018
Local: Escola Municipal Alfredo de Paula Freitas
Período em que ocorreu: durante a aula de Educação Física
Idealizadora: professora Juliana Marques
Participantes: professora Juliana Marques, professora Viviane Meneguitte e os alunos da turma EI-51.

 

 

Durante uma aula de Educação Física com os alunos da turma EI-51, foi ensinada a música “Alface estava crescendo” que além de agradar nossos pequenos despertou grande interesse e curiosidade acerca da alface. Nesse contexto, inúmeras perguntas foram levantadas que versavam sobre suas características, o cultivo, dentre outras informações.

 

 

Com isso, a professora Juliana sentiu a necessidade de atender a demanda de seus alunos e planejou uma aula, com o apoio da professora Viviane, cujo tema dialogava com a curiosidade das crianças. Tendo como pressuposto os seguintes objetivos: Vivenciar atividades rítmicas e sua repercussão em seus corpos; Vivenciar as diferentes noções de localização do corpo no espaço; Realizar atividades que estimulem o desenvolvimento da motricidade fina e coordenação óculo-manual; Experimentar as diversas percepções sensoriais; Consumir com maior frequência os alimentos naturais.

 

 

 


No primeiro momento, após a música de acolhimento cantada todo início de aula de Educação Física, a professora Juliana apresentou-os a alface. Foi levado para a sala de aula uma alface verde e uma alface roxa  para que as crianças pudessem tocar, cheirar, explorando da melhor maneira possível, percebendo as suas nuances e peculiaridades. Houve um diálogo intenso entre alunos e professoras sobre as características da alface. Aproveitou-se, então, dessa situação para alerta-los quanto à importância dos hábitos de higiene durante as refeições.

 


 

 

Após a fase de exploração, cada aluno pôde, com o auxílio das professoras, plantar algumas sementes de alface e levar para as suas casas. Foi ressaltado a necessidade de cuidado e manutenção para que futuramente cada um pudesse colher seu pé de alface.

 

 

Sobre a escola:

E/CRE(05.14.011) Escola Municipal Alfredo de Paula Freitas

Endereço: Rua Gustavo de Andrade 290 Irajá

E-mail: empfreitas@rioeduca.net

Tel: 3372-5009 | 3372-5139


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 19/04/2018

No CIEP Doutel todo dia é dia de inclusão

Tags: educacao inclusiva, sindrome de down, autismo, 9 cre.

 

No dia 21/03 foi celebrado o Dia Mundial da Síndrome de Down e no dia 02/04 o Dia da Conscientização sobre o Autismo.

Para a equipe do CIEP Armindo Marcílio Doutel de Andrade estas datas são importantes para a mobilização a favor da inclusão. Na unidade, acontecem muitas ações para celebrar a diversidade, pois todo dia é dia de inclusão.

 

Diferentes atividades e projetos marcam a busca por práticas inclusivas no CIEP da 9ª Coordenadoria Regional de Educação, localizado no bairro Vila Nova, em Campo Grande. Ações que permitam a participação das crianças com suas diferenças. Seja no Cineclube, no Projeto Voando nas asas da leitura, no Encontro com o autor, e tantas outras atividades, coordenadas para a inclusão dos alunos com síndromes e transtornos para que os mesmos sejam acolhidos e pertencentes à escola. Dessa forma, práticas inclusivas tem atravessado os projetos do cotidiano da escola e movimentado a participação e boa relação entre os alunos.

 

Exibição de filmes e vídeos no Projeto Cineclube nas Escola sobre a conscientização da Síndrome de Down.

 

Este ano, através do Projeto Cineclube nas Escolas/ Cine Doutel, na vertente exibição, os alunos tiveram acesso a informações sobre a Síndrome de Down de uma forma mais descontraída, com vídeos e pequenos debates na Sala de Leitura com a profª Alessandra Yusa.

 

 

 

A motivação dos alunos do projeto Voando Alto nas Asas da Leitura, sob a coordenação da Coordenadora Pedagógica Audrei Alonso, possibilitou através do livro “O Pequeno Rei Artur” uma visita para lá de especial às turmas da escola.

Nesta oportunidade, os alunos puderam contar a história e apresentar um rei. Sim! No reino Doutel o “Pequeno Rei Luís”, da Classe Especial, recebeu este título dos alunos e desfilou pela unidade como protagonista da historia e o grande personagem dos alunos leitores.

 

Visita do Rei Luís às salas participando do projeto Voando Alto nas asas da Leitura

 

 

Para a professora, Alessadra Yussa, regente da Sala de Leitura, o preconceito vem da falta de informação. Ela diz, ainda, que: "... só a informação não é o bastante, devemos vivenciar a inclusão efetivamente e afetivamente."

O grupo avalia que esta edição do projeto "Voando nas asas da leitura" foi uma atividade deliciosa, onde o Luís estava radiante como rei e foi muito bem recebido por todos.

 

Com Informação e uma boa convívência poderemos ter um mundo melhor!

 

No dia 02/04, “Dia Mundial da Conscientização do Autismo”, a unidade realizou o momento azul (cor que representa o autismo) com toda a escola reunida. Todos de azul fizeram a apresentação da música “Diferente igual”.

 

 

Momento azul no CIEP Doutel: apresentação coletiva de música e apresentação de pesquisa dos alunos do 5º ano sobre Autismo.

 

A Sala de Leitura também incluiu a Conscientização do Autismo em suas atividades, a partir do livro "Autismo: uma realidade", de Ziraldo.

 

Houve ainda exibição de vídeos da Turma da Mônica com o personagem André que é autista e dos vídeos do canal "Otávio Show". 

 

Você pode acompanhar um pouco mais das atividades realizadas acessando o link com vídeo produzido pela unidade. Acesse aqui!

 

 

As atividades por lá não param. Vem aí:

  • Dia 16/04  palestra ministrada pela ONG CEBRIA-Anjinho Azul, para os responsáveis.
  • A autora Nancília, que escreveu o livro “Sou autista! E daí?, ”participará do Encontro com o Autor na Sala de Leitura, durante a FLID 2018.

 


Dessa forma, percebe-se que o CIEP Armindo Marcílio Doutel de Andrade busca ser uma escola inclusiva. A Unidade Escolar possui quatro turmas de Classe Especial, sendo três de DI e uma de TGD. A escola tem Sala de Recursos que atende vários alunos incluídos da própria escola e alunos das proximidades.

 

O empenho é diário e todo progresso é comemorado por toda a unidade escolar com muita alegria.

 

Todo dia é dia de inclusão no CIEP Doutel!

 

CIEP Armindo Marcílio D. de Andrade

Diretor Geral: Prof. Pedro Jerônimo

CP. Audrei Alonso Brito do Nascimento

Profª SL. Alessandra Lopes Loiola Yusa

Profª CE. Márcia Christine

Como chegar: R. Flávio Fraga - Campo Grande, Rio de Janeiro - RJ, 23070-450

Contatos:  (21) 2412-2989 

 

 


 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 04/04/2018

Parcerias para o Crescer e Aprender com Qualidade!

Tags: creche, educação infantil, pse.

 

 "Dançando, Jogando e Brincando, vou Crescendo e Aprendendo"

 

"Dançando, Jogando e Brincando, vou Crescendo e Aprendendo" é o tema do Projeto Pedagógico Anual da Creche Municipal Célia Alencar.

A Unidade Escolar, além de possuir uma excelente equipe pedagógica, conta com o apoio de parcerias que auxiliam na diversidade de atividades e na construção do conhecimento.

Para 2018, a creche usou uma temática que se baseia nas principais atividades comuns entre os pequenos. Dançar, jogar e brincar é o que naturalmente compõe o universo infantil, portanto, é o melhor instrumento na construção do conhecimento das crianças.

 

 

 

 

Para colocar seu Projeto Pedagógico Anual em ação, nesse primeiro momento, a Creche Municipal Célia Alencar contou com o apoio da Clínica da Família Faim Pedro.

A clínica auxiliou na primeira etapa do projeto, trabalhando conhecimentos relacionados ao corpo e higiene, além de realizar uma avaliação odontológica e antropométrica das crianças. Dessa forma, cada aluno teve o registro de seu peso e sua altura e também tiveram sua arcada dentária bem examinada pela equipe. Ter parcerias para contribuir com a aprendizagem possibilita aos espaços escolares a oportunidade de desenvolver integralmente os alunos.

 

 

 

Foram trabalhadas música que estimulassem a aprendizagem das partes do corpo, suas funções e os bons hábitos para manter a higiene. Os sons e os ritmos encheram a escola de muita animação e alegria! As crianças participaram de várias atividades, nas quais aprenderam sobre cuidados com os dentes, limpeza das mãos e inúmeras atitudes preventivas na manutenção da saúde. 

 

 


Sem deixar o lúdico de lado, a aprendizagem não ficou somente nas teorias, pois todos os alunos demonstraram que estavam criando significados naquilo que estavam aprendendo. 

 

"A Creche Municipal Célia Alencar traz a ludicidade presente nas músicas para promover aprendizagem com sentido e significado para nossas crianças. A parceria com a Clínica da Família foi muito importante no momento em que o tema central é o Corpo e a Higiene." Professora Viviane Bonfim - Diretora da C.M. Célia Alencar

 

 

 

 

 

 

O Rioeduca parabeniza à Creche Municipal Célia Alencar por esse primeiro momento do seu Projeto Pedagógico Anual, assim como a seus parceiros.

 

Para entrar em contato com a C.M. Célia Alencar, mande email para:

cmcalencar@rioeduca.net

 

 

Participe do Portal Rioeduca!

Entre em contato conosco.

 

 


   
           



Yammer Share