A A A C
email
Retornando 308 resultados para a tag '8ªcre'

Quarta-feira, 10/01/2018

Cultura e Artes em Projetos

Tags: 8ªcre, projeto cultural, feira pedagógica.

 

Em 2017 diversos projetos foram realizados nas escolas da rede municipal do Rio de Janeiro. 

Hoje o Rioeduca apresenta os projetos pedagógicos da Escola Municipal Bangu e do Ciep Mestre André.

 

 

 

A Escola Municipal Bangu realizou o Projeto "Grandes Autores da Literatura Infantil, Grandes Aprendizes da Escola Municipal Bangu".

O projeto abordou alguns autores selecionados pela equipe pedagógica da escola com o intuito de promover o gosto pela leitura.

O objetivo foi levar os alunos a conhecer diversas obras e também oportunizar o conhecimento da biografia dos autores.

Os autores citados e apresentados no Projeto foram: Irmãos Grimm, Vinícius de Moraes, Esopo, Sylvia Orthof, Maurício de Souza, J.K. Rowling, Mary França e Eliardo França, Bia Bedran, Hans Christian Andersen, Ziraldo e o Profeta Gentileza.

As turmas ficaram responsáveis em apresentar a vida desses escritores de diversas formas: stands, danças, contação de histórias e dramatizações. 

 

 

A pesquisa, o envolvimento e as atividades elaboradas a partir do livro proporcionam momentos muito prazerosos, além de didáticos para os alunos.

Não é apenas a leitura pela leitura, a proposta do projeto foi inserir os alunos no mundo da leitura através da experiência de trabalhar o tema abordado no livro.

Conhecer os personagens do livro, perceber a importância de cada um na trama, se identificar com situações que podem se assemelhar com a vida real, experimentar a alegria e o prazer de mesclar arte, música e literatura em um só momento, são fatores marcantes para a formação de um aluno leitor, daí o sucesso desse projeto na Escola Municipal Bangu. 

 

 

 

O Rioeduca parabeniza a Escola Municipal Bangu pelo projeto de leitura e formação de leitores!

 

 

Escola Municipal Bangu

Professora Celina de Souza Ferreira - Diretora Geral
Professora Orádia Dias - Diretora Adjunta
Professora Amanda Neves - Coordenadora Pedagógica
Telefone de Contato: 33325930

 

 

 

 

*       *       *

 

2017 foi um ano de grandes projetos, um deles foi o projeto pedagógico desenvolvido no Ciep Mestre André. O tema do projeto foi: "Das Raízes aos Sonhos".

O objetivo do do projeto, segundo a equipe pedagógica do Ciep, foi apresentar o local onde começou o mundo.

O continente Africano que é tão rico em cultura, natureza, superação e conhecimento, precisa ser conhecido por todos!

 

 

 

 

"Foi um trabalho árduo e desafiante, mas a equipe chegou lá! Cada turma escolheu um país e estudou seus vários aspectos. Nosso objetivo foi levar os alunos a respeitar,  valorizar e amar a África, onde a vida começou. A mostra final do trabalho foi a síntese de todo o nosso trabalho. Não seria possível sem o empenho de cada turma, professor e funcionários da escola. Juntos construímos uma linda história (...)"

 

                                                                                   Professora Andrea Rufino - Coordenadora Pedagógica do Ciep Mestre André

 

 

 

 

Durante a realização do projeto os alunos conheceram as cores, os sons e os contrastes da África.

A retratação de tudo o que aprenderam sobre o continente coloriu o Ciep Mestre André e aproximou a comunidade escolar de curiosidades e conhecimentos que ficarão para sempre na vida dos participantes.

Todos os que participaram da Mostra de Trabalhos do projeto "Das Raízes aos Sonhos" se encantaram com a criatividade dos professores e alunos ao apreciarem as danças, músicas e brincadeiras que pertencem à cultura africana.

É preciso desmistificar a ideia de que a África é apenas um local onde impera a pobreza. É preciso mostrar às crianças que o descendente africano no Brasil não é sinônimo de escravidão e opressão!

A escola é um espaço propício para reflexões. Projetos como o do Ciep Mestre André representam o resgate e a valorização de um dos povos que compõem a nossa formação, o que contribui para a consciência de nossa identidade.

 

 

 

O Rioeduca parabeniza o Ciep Mestre André pela Mostra dos Trabalhos do projeto Das Raízes aos Sonhos.

 

Para entrar em contato com o Ciep Mestre André: ciepmandre@rioeduca.net

 

 

 

 

Entre em contato com o Portal Rioeduca e compartilhe os projetos da sua escola!

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 20/12/2017

Projetos que Fazem a Diferença!

Tags: 8ªcre, projeto cultural, feira pedagógica.

 

A maior importância de um projeto escolar é ter a clareza de sua importância para os alunos e para a comunidade. Hoje o Rioeduca apresenta dois projetos que foram realizados no Ciep Maestrina Chiquinha Gonzaga e na Escola Municipal Átilla Nunes. Os dois projetos tiveram a participação e envolvimento da comunidade, tornando as ações significativas e cheias de aprendizado. Confira!

 

 

As frases de José Datrino estão espalhadas em 56 murais pintados nos pilares do Viaduto do Caju: uma sequência de painéis em verde, amarelo, azul e branco que vai da Avenida Brasil, na altura do cemitério, até a Rodoviária Novo Rio.

A mais célebre de todas as suas frases “Gentileza gera Gentileza” hoje também pode ser vista estampada em chinelos, camisetas, adesivos e quadros decorativos, mas o legado do Profeta Gentileza ultrapassou as fronteiras do tempo e no ano de seu centenário, sua mensagem foi o tema do projeto Resgatando Valores do Ciep Maestrina Chiquinha Gonzaga.

O projeto foi desenvolvido em torno do livro "A Árvore Generosa" e a obra do Profeta Gentileza. O objetivo foi resgatar e estimular nos alunos práticas de cordialidade, respeito e atitudes de boa convivência.

A equipe pedagógica acredita que dessa forma estará contribuindo para a formação de uma comunidade melhor, pois os alunos levarão esses ensinamentos para a vida e irão compartilhar com seus pares. 

 

 

"Educar é uma das tarefas mais difíceis. Como se prepara para a vida? Baseando-se nos quatro pilares da educação: Aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a ser e aprender a viver juntos, pode se pensar numa realidade mais humana. De que forma podemos levar os alunos e a comunidade em geral a entender que a gentileza é um valor necessário a convivência social harmoniosa?

Resgatando os valores como, gentileza, amor, autonomia, cooperação, persistência, respeito, solidariedade, responsabilidade (...) e ensinando aos nossos alunos, que é possível praticá-los em simples situações da vida e que podemos disseminar essa prática, afinal, gentileza gera gentileza!"

                                                          Professora Bruna Alves - Coordenadora Pedagógica do Ciep Chiquinha Gonzaga

 

 

Como marco da conclusão do projeto, os alunos foram reunidos para recitar poesias, cantar, fazer a Terapia do Abraço, distribuir flores, retratar a obra do Profeta Gentileza e construir a Árvore Generosa, que teve a copa confeccionada com bons sentimentos escritos pelos alunos.

O aluno Samuel, da turma 1303, caracterizado como o Profeta Gentileza trouxe a mensagem final do projeto que ficará guardado na mente e no coração de todos os participantes.

 

08.17.509 CIEP Maestrina Chiquinha Gonzaga

Estrada do Engenho s/n Vila Aliança Bangu RJ

Email: ciepcgonzaga@rioeduca.net

Direção Geral: Marilda Veiga

Direção Adjunta: Elane Cristina

Coordenação Pedagógica: Bruna Alves

 

 

A Escola Municipal Átilla Nunes realizou um evento para exaltar o rico folclore brasileiro!

Trabalhar a riqueza de nossa cultura é o que mantém viva a nossa identidade. A escola é um espaço privilegiado para pesquisa e conhecimento de costumes e crenças, não só de nossa região, mas de todo o Brasil.

A Escola Municipal Átilla Nunes realizou a Festa do Folclore, com o objetivo de apresentar aos presentes a rica diversidade de nosso povo.

O ponto mais alto da Festa do Folclore foram as meninas do 8º e 9º anos, que dançaram lindamente o Carimbó, a mais extraordinária manifestação de criatividade artística do povo paraense! 

 

 

Para ver mais detalhes desse e de outros projetos, acesse a página da E. M. Átilla Nunes no FacebooK:

https://www.facebook.com/attilanunes/videos/515479675452342/

 

Na página da escola podemos conferir os vídeos do Carimbó, da apresentação de Capoeira e outros. O folclore brasileiro não é só belo, é também carregado de sabedoria e conhecimentos que são passados de geração em geração.

 

O Rioeduca parabeniza a E.M. Átilla Nunes pelo projeto que apresenta e valoriza o folclore brasileiro!

 

 

 

Este espaço é destinado à apresentação do que acontece nas escolas da Prefeitura do Rio de Janeiro!

Participe! Entre em contato com o Rioeduca!

 

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 18/12/2017

Projeto: Getúlio Sem Sair do Tom!

Tags: 8ªcre, língua portuguesa, sala de leitura.

 

No ano em que Tom Jobim completaria 90 anos de idade, a Escola Municipal Getúlio Vargas faz uma linda homenagem à memória do grande compositor que marcou a história dos brasileiros. O projeto "Getúlio sem sair do Tom" foi uma combinação de arte, história, emoção e aprendizado. Confira!

 

 

 

Antônio Carlos de Almeida Jobim, mais conhecido pelo seu nome artístico Tom Jobim, foi um importante compositor, maestro e cantor, que ficou conhecido por sua genialidade e também por divulgar em suas canções a beleza da cidade do Rio de Janeiro.

Falar de Tom Jobim e de sua arte é uma maneira prazerosa de elevar a autoestima do carioca, pois suas canções falam muito de sua paixão por essa cidade.

No ano que Tom Jobim completaria 90 anos, sob a orientação da professora Tânia Regina França, a Escola Municipal Getúlio Vargas realiza o projeto "Getúlio sem sair do Tom!".

 

"Neste ano, o compositor Tom Jobim, que foi uma pessoa apaixonada pela cidade do Rio de Janeiro, completaria 90 anos. Como o amor pelo Rio de Janeiro está retratado em quase toda sua obra e nossa escola, que inicia um novo ciclo da sua história, faz parte dessa cidade, o projeto surge como uma necessidade de desenvolver a leitura, a escrita e o comportamento dos alunos perante à nova realidade escolar, que passou a ser uma unidade escolar de turno único (...) também acreditamos que a música, a poesia e os contos podem permitir que os alunos se apropriem da linguagem literária, de uma forma lúdica."

                                                                              Professora Tânia França - Professora de Língua Portuguesa na E.M. Getúlio Vargas

 

 

 

 

O início do projeto se deu pela apresentação do tema através de uma palestra e exibição de vídeo com textos biográficos.  O objetivo foi fazer com que o aluno se sentisse motivado a conhecer a obra do poeta. No decorrer do período, os alunos participaram de oficinas onde fizeram caricaturas, cartões postais, ilustrações e construção de poemas.

Os alunos realizaram uma detalhada pesquisa sobre o gênero musical Bossa Nova e em seguida, com a ajuda dos professores de Música e Língua Portuguesa, fizeram uma versão de uma das músicas de autoria de Tom Jobim.

As turmas se organizaram e pesquisaram os principais pontos turísticos do Rio de Janeiro. Em seguida fizeram maquetes representando-os. O objetivo foi levar os alunos a associar as músicas aos lugares representados nas músicas de Jobim.

Para encerrar o projeto, os alunos apresentaram uma peça teatral que foi escrita por eles e que teve como temática a música "Garota de Ipanema", dos parceiros Vinícius de Moraes e Tom Jobim.

Todo o projeto trouxe muita satisfação aos seus participantes!

 

 

O Rioeduca parabeniza os alunos do 9º ano da E. M. Getúlio Vargas e seus professores pela realização do projeto

"Getúlio sem sair do Tom!"

 

 

 

 

 

Escola Municipal Getúlio Vargas: emgvargas@rioeduca.net

Diretora: Professora Constancia Kelly

Diretora Adjunta: Professora Marilda Lucas

Coordenadora Pedagógica: Professora Luciane Antunes

 

 

Compartilhe as ações da sua escola no Portal Rioeduca.

Entre em contato!

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 13/12/2017

Cultura Presente: Hoje e Sempre!

Tags: 8ªcre, folclore, feira cultural.

 

O Folclore pode ser definido como a ciência que estuda todas as manifestações do saber popular, considerada indispensável para o conhecimento social e psicológico de um povo. Apresentar as manifestações folclóricas para os alunos é uma maneira de manter viva a diversidade do povo brasileiro.

 

 

Folclore: a Cultura do Povo Brasileiro é o o tema central da Feira Pedagógica da Escola Municipal Azul e Branco. O tema foi desenvolvido sob diversas abordagens, onde cada turma da escola trouxe o foco do projeto de acordo com as Orientações Curriculares e com os conteúdos trabalhados.

A proposta do projeto contou com a participação da comunidade, o que tornou o momento da Feira Cultural algo muito satisfatório e significativo para todos os envolvidos.

A rica abordagem temática estimulou atividades de leitura e escrita baseadas em brincadeiras e cantigas populares.

O colorido que manifesta a diversidade cultural brasileira deixou a Escola Municipal Azul e Branco ainda mais alegre e acolhedora.

 

 

As turmas de 1º ano trabalharam o tema "Cultura e Arte: Alimentação Saudável e Reciclagem".

A apresentação das turmas do 1º ano na Feira Cultural foi a Dança do Coco (Flor de Mandacaru). Os objetos usados na dança foram confeccionados com material reciclado.

Apresentar trava-línguas, ditos populares e parlendas é uma grande oportunidade de incentivar a leitura e a escrita, por isso os alunos do 1º ano expuseram cartazes e outras atividades que foram confeccionadas na Roda de Leitura.

As turmas de 2º ano receberam o tema Folclore e Educação Ambiental. Os alunos apresentaram as possibildades de reaproveitamento de materiais e energia eólica.

As apresentações foram a encenação da música Ciranda do Anel e a dança do Frevo.

 

 

 

O 3º ano teve como tema: Cantigas de Roda e Brincadeiras, além de trabalhar atividades com Literatura de Cordel e Lendas Indígenas.

As turmas do 4º ano trabalharam a lenda da Iara e as ervas medicinais. Na Feira Cultural houve degustação de chás.

O 5º ano ficou com o folclore da região norte. Os alunos apresentaram a famosa disputa do Boi Garantido e Boi Caprichoso que acontece em Parintins.

O folclore nas 5 regiões do Brasil foi o tema trabalhado pelas turmas do 6º ano. As turmas fizeram cartazes com explicações e gravuras sobre danças, culinária e artesanato. Houve a apresentação teatral de "Eco e Narciso".

Auxiliados pela professora de Língua Inglesa, os alunos fizeram uma exposição sobre a etimologia da palavra FOLCLORE, que é de origem inglesa.

Foi feito um painel criativo, apresentando a evolução da grafia, conceito e características.

 

 

"Nossa Feira Cultural foi um verdadeiro sucesso! A comunidade escolar participou ativamente das propostas desenvolvidas com os alunos. Recebemos artesãs da comunidade que expuseram seus produtos e abrilhantaram a feira com suas produções. Contamos com a participação de um grupo da terceira idade que trouxe o Boi Garantido e animou as torcidas com um pouco dessa história.

Os profissionais envolvidos ficaram maravilhados com o resultado final, que trouxe grande alegria para todos os participantes. Pudemos constatar a felicidade dos alunos em verem suas produções sendo prestigiadas e admiradas por todos! (...)"

                                                                                     Professora Yvanzir Garcia - Coordenadora Pedagógica da E.M. Azul e Branco
 

 

 

O Rioeduca parabeniza a escola pela realização da Feira  Pedagógica!

Encanta ver toda a escola envolvida em um projeto que alcança a comunidade local.

Contato da E.M. Azul e Branco: emazulbranco@rioeduca.net

 

*     *    *

Procure um representante do Rioeduca e compartilhe as ações da sua escola!

 

 


   
           



Yammer Share