A A A C
email
Retornando 376 resultados para a tag '5ªcre'

Sexta-feira, 21/07/2017

Trabalhando o tema "África"

Tags: 5ªcre, áfrica, .

 

E. M. Tarsila do Amaral promove atividades e reflexões sobre o continente africano, no que diz respeito à organização social, produções culturais e aspectos territoriais.

 

A Escola Municipal Tarsila do Amaral é uma escola de primeiro segmento. Porém, essa unidade escolar participa do Projeto da Prefeitura do Rio de Janeiro chamado 6º ano experimental. Esse Projeto veio ao encontro das necessidades de se “minimizar" o impacto das grandes mudanças físicas e psicológicas pelas quais os alunos passam na faixa etária de 11 e 12 anos”, levando a um melhor desempenho, gerando autoestima, com boas perspectivas para o estudo no segundo segmento no ensino fundamental.

 

 

O objetivo do trabalho desenvolvido com as turmas 1602 e 1603 da Escola Municipal Tarsila do Amaral, pela Professora Eliane Linhares, foi conduzir os alunos a uma reflexão sobre a dinâmica africana no que diz respeito à organização social deste continente, bem como produções culturais e aspectos territoriais.

 


A problematização do trabalho girou em torno do reconhecimento do outro, o que significava para o africano perder território na ocasião da diáspora africana, a riqueza cultural africana (dança, provérbios, artefatos), lideranças negras que contribuíram para a conquista da igualdade para os africanos, a heterogeneidade da África, divisão territorial e influência africana na cultura brasileira.

 


É importante que as escolas desconstruam preconceitos e que todos os alunos se sintam representados nos espaços escolares e construam o conceito de que não importa a cor da pele de alguém e sim, a valorização do ser humano.

 


A pesquisa com os alunos, que teve uma duração de duas semanas,  foi uma culminância em relação aos conteúdos que falam sobre a África. Como estava dentro do bimestre o dia Internacional da África, que é comemorado no dia 25 de maio, justificou-se mostrar fora do espaço da sala de aula as construções dos alunos. Portanto, os trabalhos foram expostos nos corredores da escola para que fossem apreciados e valorizados por toda a comunidade escolar. Foram utilizados como fontes de pesquisa as revistas National Geographic, Revista Semana da África na UFRGS, Livro Falando Banto, gravuras e textos pesquisados na internet.

 


Texto enviado pela profª Eliane Linhares.

 

Parabéns pelo trabalho realizado pela escola, incentivando e trabalhando o conhecimento de uma cultura que tem grande relevância na construção da cidadania brasileira através de atividades colaborativas, contando com a participação e o trabalho em equipe dos alunos para o êxito da proposta pedagógica.

Sobre a escola:

Unidade Escolar: E/CRE(05.14.028) - Escola Municipal Tarsila do Amaral
Diretor: Renata Azevedo Costinhas da Silva
Endereço: Rua Hannibal Porto 451, Irajá
Telefone: 3373-2039 | 3373-2293
E-mail: emtarsila@rioeduca.net

Lembre-se de deixar seu comentário!yes
 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 07/07/2017

“Aqui é um Lugar de Paz” na E.M. Prefeito Filadelfo Azevedo

Tags: 5ªcre, paz.

 

A Escola Municipal Prefeito Filadelfo Azevedo, localizada no bairro de Cavalcanti (5ª Coordenadoria de Educação) tem um trabalho que prima pela qualidade e excelência da educação, promovendo projetos que tenham grande influência na vida dos alunos, fazendo-os refletir sobre seus comportamentos e sobre a responsabilidade que cada um tem na humanidade. Portanto, nesta publicação, será mostrado um pouquinho do PPP da escola e seu engajamento na campanha “AQUI É UM LUGAR DE PAZ”.

 

 

No Projeto Político Pedagógico da escola foram considerados todos os membros da comunidade escolar como sujeitos singulares, possuidores de uma história e de uma cultura construída pelas aprendizagens que ocorrem na Escola e fora dela, da qual fazem parte as transformações biológicas, emocionais, sociais e psicológicas.

 

 

Tanto a gestão da escola quanto o corpo docente acreditam que as atitudes do educador, no que diz respeito à valorização das diferenças, é que vão, em grande parte, determinar como será o estabelecimento das relações, criando assim a possibilidade de compartilhamento de pensamentos, de sentimentos e de ações. Essa aprendizagem leva o indivíduo a sentir-se menos ameaçado pelo outro indivíduo, substituindo a reação de agressão por uma interação mais construtiva.

 

 

A prática pedagógica da escola procura consolidar valores essenciais para o desenvolvimento integral do ser humano, por isso foi integrado nas atividades ações que privilegiem o contato direto com a história dos seus alunos e o lugar em que vivem, as que internalizem o respeito às diferenças, e também tudo o que evidencie o bem-estar de todos e também do meio em que vivem.

No dia 6 de abril, mesmo ressentidos com os últimos acontecimentos de violência na nossa cidade, foi feita uma reunião com todos os segmentos da escola para um momento de reflexão sobre como pequenos gestos podem alterar o contexto de violência na nossa comunidade.

 

 

Essa reunião foi feita no pátio da Escola para que houvesse um debate sobre os conflitos que acontecem diariamente bem perto de nós, muitas vezes dentro de nossas casas e comunidades. Entendemos que a violência pode ser caracterizada de diversas formas e concluímos que pequenos gestos podem fazer uma grande diferença para atenuar os conflitos.

 

 

No final da conversa, ao som da música “A PAZ” do grupo musical ROUPA NOVA, foi feito um grande painel com carimbo de tinta branca, das mãos de todos os alunos da Escola. As professoras da Escola e todos os funcionários também fizeram parte desta grande corrente pela Paz.

"Só o amor, muda o que já se fez
E a força da paz junta todos outra vez
Venha, já é hora de acender a chama da vida
E fazer a Terra inteira feliz"

( A Paz, Roupa Nova )
 

Que iniciativas como a da Escola Municipal Prefeito Filadelfo Azevedo sejam cada vez mais perpetuadas em toda nossa rede de ensino, mobilizando toda a comunidade escolar para a importância de se investir em ações voltadas para a cultura da paz, não somente dentro da escola, mas na vida de cada pessoa. Parabéns a todos da escola pelo trabalho realizado!

Texto enviado pela professora Elisangela Magalhães (Coordenadora Pedagógica da U.E.).

Sobre a escola:

Unidade Escolar: E/CRE(05.15.043) - Escola Municipal Prefeito Filadelfo Azevedo
Diretor: Rosangela Teixeira Bral dos Santos
Endereço: Rua Graça Melo 640, Cavalcanti
Telefone: 3274-1234 | 2593-3227
E-mail: emfiladelfo@rioeduca.net
 

Não esqueça de deixar o seu comentário no Portal! yes

 



 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 23/06/2017

Um dia diferente...que ficará em nossos corações!

Tags: paz, projeto, 5ªcre.

 

A Secretaria Municipal de Educação realizou um cronograma de atividades denominado “AQUI É UM LUGAR DE PAZ”. Nesse sentido, a Escola Municipal Luís Carlos da Fonseca desenvolveu diversas atividades.

 

 

A Escola Municipal Luís Carlos da Fonseca está localizada em Madureira, entre as comunidades da Serrinha e do Cajueiro. Grande parte dos alunos, entre 6 e 12 anos, convivem diariamente com a violência.

Em 6 de abril, seguindo o cronograma estipulado pela SME, foi planejado um dia diferente onde a paz fosse plantada em cada um. A comunidade escolar foi convocada para esse dia diferente, buscando trabalhar a paz como um processo interno ligado ao autoconhecimento e ao direito de escolha.

 

 

Visando contribuir para que os elementos da comunidade escolar se assumam como seres individuais e sociais, comprometidos com a construção de uma cultura de paz e capazes de traçarem seus próprios projetos de vida e sociedade, foram traçados os seguintes objetivos para o desenvolvimento do projeto pela paz na escola:
 

  • provocar a reflexão sobre a importância de se promover uma cultura de paz no nosso cotidiano;
  • valorizar atitudes individuais e coletivas para a promoção da paz na sociedade;
  • trabalhar colaborativamente em grupo; e
  • desenvolver habilidades como capacidade de pesquisa, de análise textual, de síntese, de comunicação de ideias, autonomia, responsabilidade e gerenciamento do tempo.

 

 

 

Em 6 de abril, toda comunidade escolar foi mobilizada e, durante horário da aula, foram realizadas atividades acerca do tema "AQUI É UM LUGAR DE PAZ". Foi também uma ótima oportunidade para apresentar aos alunos o PROFETA GENTILEZA, que na década de 70 já preconizava a paz e a gentileza entre as pessoas. Após a leitura da carta do Srº Secretário de Educação, César Benjamim, a comunidade escolar foi dividida em grupos para a confecção de cartazes, panfletos e flâmulas. Todas as tarefas foram realizadas ao som das seguintes músicas: "A Paz" (Gilberto Gil), "Imagine"  Jonh Lennon), "A Paz" (Roupa Nova).

 

Após essa etapa, foi realizada uma caminhada pelas dependências do Instituto de Educação Carmela Dutra, onde a escola está funcionando até a reconstrução de unidade escolar. A presença dos alunos, cantando pelo espaço, com cartazes e flâmulas, emocionou os alunos do Instituto.

 


        

 

Com esse projeto, que se iniciou no dia 06/04, a equipe espera que as relações intrapessoais, não apenas dos alunos mas de toda a comunidade escolar, sejam mais fraternas e gentis, criando um ambiente cada vez mais agradável, acolhedor e saudável tanto dentro quanto fora da escola, reduzindo os conflitos iminentes, sendo a escola um ambiente de diálogo e compreensão.
 


"Só o amor, muda o que já se fez
 E a força da paz junta todos outra vez
 Venha, já é hora de acender a chama da vida
 E fazer a terra inteira feliz"

 

Texto enviado por:  Cintia Coutinho ( Coordenadora Pedagógica )

 

Parabéns ao trabalho de excelência da Escola Municipal Luís Carlos da Fonseca.

E por todos aqueles que se empenham em fazê-la uma escola de paz, a nossa mais sincera gratidão!

 

Gostou da nossa publicação? Não esqueça de deixar seu comentário! yes

 

 

Sobre a escola:

E/CRE(05.15.056) Escola Municipal Luís Carlos da Fonseca

Endereço: Rua Leopoldino de Oliveira 67 | Madureira

E-mail: emluisf@rioeduca.net

Telefones: 3457-7720 | 3457-3496


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 09/06/2017

Na EMOM, Leitura é Coisa Séria!

Tags: 5ªcre, leitura.

 

Em um trabalho de equipe, a Escola Municipal Olegário Mariano se mobilizou para formar leitores e várias estratégias foram organizadas pelos professores para que fosse despertado nos alunos o interesse pela leitura.

 

Apesar de a escola estar, neste momento, sem um professor responsável pela Sala de Leitura, o compromisso e a responsabilidade com o trabalho de qualidade da escola são fundamentais e contou com a colaboração de todos nesse projeto.

 


 

RECREIO LITERÁRIO

Em março foi organizado o recreio literário, onde os alunos tiveram acesso aos livros expostos em estantes. Alunos das turmas de 6º ano são da patrulha literária, sendo responsáveis por organizar e cuidar dos livros durante os recreios, em regime de escala.

 


SALA DE LEITURA

Em regime de mutirão, os professores se organizaram e reformaram a sala de leitura, que agora conta com dois ambientes e recebeu o nome da autora Ruth Rocha. A inauguração ocorreu no dia 29 de março para professores e funcionários. Ainda acontecerá a inauguração para os alunos.

 

 

 

CORREDOR LITERÁRIO

Em comemoração ao dia Nacional do Livro Infantil, aconteceu no dia 18 de abril o IV Corredor Literário, este ano com o tema “O Mundo Encantado de Ruth Rocha”.  Um dia dedicado à leitura onde todos puderam visitar o corredor e ler os livros expostos. O corredor foi enfeitado com títulos de livros da autora feitos pelos alunos. A Escola foi presenteada com uma caricatura da autora feita por Ludmila Vieira.

 

 


LER É BOM DEMAIS

As turmas de alfabetização (5 turmas de 1º ano, 6 turmas de 2º ano e 8 turmas de 3ºano) trabalham com sacolinhas de leitura, onde os alunos levam livros toda semana para lerem com a família.

O PPP deste ano é “SER HUMANO” e acreditamos que o contato com a literatura pode contribuir para nos tornarmos seres humanos melhores. E, acima de tudo, a valorização do trabalho em equipe.

 

 

 

Diretora e Adjunta da EMON

 

Biografia de Ruth Rocha, autora homenageada como tema do IV Corredor Literário

Ruth Machado Lousada Rocha nasceu em São Paulo no dia 2 de março de 1931. Formou-se em Ciências Políticas e Sociais na Universidade de São Paulo e fez pós-graduação em Orientação Educacional, tendo trabalhado em instituições importantes, como o Colégio Rio Branco. Em 1968, passou a colaborar na seção de educação da revista Claudia e, posteriormente, na revista Recreio, uma publicação voltada para o público infantil. No ano de 1973 assumiu a direção editorial da Divisão Infantojuvenil da Editora Abril e, em 1976, lançou seu livro mais famoso: "Marcelo, marmelo, martelo e Outras Histórias".

Assinou, em 1989, a versão infantil da Declaração Universal dos Direitos Humanos na Organização das Nações Unidas (ONU), cujo título é Iguais e Livres, obra que já recebeu adaptação para nove diferentes idiomas.

Fonte: http://escolakids.uol.com.br/o-mundo-magico-de-ruth-rocha.htm

 

O livro conta a história de Marcelo, um menino muito curioso que fica tentando entender o significado das coisas.

 

Parabéns pelo trabalho de excelência e comprometimento de todos os profissionais que compõem a EMOM, valorizando a qualidade do ensino e a importância da leitura na vida dos nossos alunos!

 

 

Sobre a escola:

Unidade Escolar: E/CRE(05.15.003) - Escola Municipal Olegário Mariano
Diretor: Ana Lúcia de Moura Andrade
Diretora Adjunta: Denise Martins
Endereço: Pça. Das Esmeraldas 65, Bairro: Rocha Miranda
Telefone: 3375-8099 | 3373-7460
E-mail: emmariano@rioeduca.net

Texto enviado por: Profª Ana Márcia Vieira
 


 


   
           



Yammer Share