Rio Educa
A A A C
email

Quinta-feira, 04/02/2016

Decreto Sobre o Expediente nas Unidades Escolares

Tags: do, decreto, expediente.

 

 

 

 

DECRETO RIO Nº 41238 DE 3 DE FEVEREIRO DE 2016 (publicado no DO de 04/02/2016)


Dispõe sobre o expediente nas Escolas, Creches e Espaços de Desenvolvimento Infantil da Rede Pública Municipal de Ensino do Rio de Janeiro.


O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor,


DECRETA:

Art. 1.º As Escolas Creches e Espaços de Desenvolvimento Infantil da Rede Pública Municipal de Ensino do Rio de Janeiro não terão expediente, permanecendo fechadas, nos dias 11 e 12 de fevereiro de 2016.

Parágrafo único. Estes dias serão considerados recesso escolar para os profissionais de Educação, lotados nas Unidades Escolares, que não estiverem em gozo de férias.

Art. 2.º Este Decreto entra em vigor na data da sua publicação.


Rio de Janeiro, 3 de fevereiro de 2016; 451º ano da fundação da Cidade.


EDUARDO PAES

 

 

 

                            

 

 

 

 


  

Terça-feira, 02/02/2016

Voluntários para Equipe do Centro de Operações Rio que atuará nos Jogos Olímpicos Rio 2016

Tags: olimpíadas, voluntário, rio2016.

 

 

O Centro de Operações da Prefeitura do RIO (COR) está recrutando Professores da Rede Municipal de Educação que tenham interesse em atuar, de forma VOLUNTÁRIA, na equipe do Município que vai monitorar as operações da cidade relativas aos Jogos Olímpicos de 2016.

 

 

Informações gerais:

Locais de atuação - Sala de Controle do COR (Cidade Nova) e/ou outros Centros Integrados ao COR nas Regiões Olímpicas (Copacabana, Maracanã, Deodoro e Barra).

Função - acompanhamento e monitoramento das ações a serem desenvolvidas na cidade durante os Jogos RIO 2016, dando apoio à atuação das diversas agências públicas municipais.

Carga horária - plantões pré-agendados de 12 horas (aproximadamente 10 plantões). Os voluntários atuarão no período de 1 a 25 de agosto.

Treinamento - serão realizadas sessões de treinamento e ambientação no Centro de Operações, de fevereiro a junho de 2016. Estes encontros incluem apresentações gerais sobre planejamento e operação dos Jogos Olímpicos; aulas práticas sobre as ferramentas a serem utilizadas; exercícios simulados e atuação nos eventos-teste programados. Cada voluntário deverá participar, minimamente, de cinco sessões de treinamento, cada uma com duração média de 3h a 4h.

Pré-requisitos - conhecimentos básicos de informática, facilidade de comunicação e, principalmente, interesse em participar da equipe responsável pelo maior evento esportivo já realizado na América Latina.
 

 

 

 

PARA SE INSCREVER, CLIQUE AQUI:

 

Inscrição

 

 

 

 

                            

 

 

 

 


  

Segunda-feira, 01/02/2016

Memórias, poesias e filmes: os alunos do PEJA contam suas histórias

Tags: 5ªcre.

 

 

 

O que nos faz lembrar com detalhes uma história ocorrida no passado?  Como podemos estimular nossa memória? Qual sua importância? É possível trabalhar memória com nossos alunos? A Escola Municipal Albert Sabin, 5ª CRE, compartilha conosco seu projeto “Memórias, poesias e filmes: os alunos do PEJA contam suas histórias”

 

 

“Não há realidade histórica que não seja humana. Não há história sem homens, como não há história para os homens, mas uma história de homens que, feita por eles, também os faz." 

A Pedagogia do Oprimido. Pág. 127. Paulo Freire. Editora Paz e Terra

 


     A Escola Municipal (05.14.007) Albert Sabin, localizada na Vila da Penha, realizou o projeto “Memórias, poesias e filmes: os alunos do PEJA contam suas histórias”. Desenvolvido pelas professoras Érica Rivas Gatto e Rosa Maria Alves da S. Andrade. O projeto buscou resgatar as memórias, lembranças dos alunos e promover o envolvimento escola-família, estimulando o respeito entre as diferentes faixas etárias e articulando a literatura, o cinema e a poesia, durante as aulas semanais com as turmas 171 e 192, no período de setembro a novembro de 2015. Veja como foi:

 

 

Objetivos do projeto:

* Compartilhar um significado comum de memória;
*  Sensibilizar os alunos para a valorização da experiência acumulada;
* Rememorar lembranças e antigas brincadeiras, através de fotos, documentos e objetos pessoais de alunos e familiares,
* Promover o empoderamento do aluno como autor de sua história valorizando-a.

 

 

Alguns desdobramentos do projeto:

* Audiovisua l - Trabalhar com curtas e filmes que retratem o tema proposto
* Narradores de Javé;
* Dona Cristina perdeu a memória;
* Velhinhos sorridentes;
* Vídeo com a poesia Infância, narrada pelo próprio autor Carlos Drummond de Andrade;
* Animação “E um rinoceronte dobrado”
* Vídeo com entrevista de Ana Maria Machado.

 

 

Entrevistas aos funcionários da escola: Os alunos realizaram perguntas a vários funcionários da escola sobre suas memórias e lembranças.

Registros: O que você guardaria em sua caixa de sapatos? A partir da animação “E um rinoceronte dobrado”, os alunos registraram em forma de lista o que gostariam de guardar em sua caixinha de memórias...

 

 

Oficina de confecção da caixa de memórias: os alunos confeccionaram suas caixas de memórias coletivamente. Um momento em que a arte tomou conta do nosso espaço.

Ilustrações de brincadeiras antigas: A partir das atividades desenvolvidas com o livro “Bisa Bia Bisa Bel” e no contexto do dia das crianças.

Artes: A partir da obra de arte do artista Ivan Cruz fazer uma lista de brincadeiras.

 

 

Produção textual: Quando eu era pequeno... – A partir da contação de histórias com o livro “Quando eu era pequena”, de Adélia Prado, os alunos completaram a afirmativa: Quando eu era pequeno...

Aprofundamento: O que é memória... Após a leitura do Livro “Guilherme Augusto Araújo Fernandes”, de Mem Fox, os alunos definiram o que é memória para cada um.

Linha do tempo: Construção de uma linha do tempo com fatos marcantes de sua própria história.

História dos nomes: Os alunos escreveram sobre o que achavam dos seus nomes, as suposições sobre a escolha, significado,etc...

Memórias e lembranças com nossos avós: Os alunos escreveram sobre as memórias com os avós, com os vivos e já falecidos. Esse momento rendeu momentos emocionantes, com direito a muitas recordações gostosas!

Desenhos representando as saudades que temos: Através de uma atividade de pintura, os alunos registrariam suas saudades!

 

Agradecemos a professora Érica Rivas por nos enviar o relato deste projeto e compartilhar conosco o registro dessa rica experiência que, com certeza, ficará na memória destes alunos.
Desejamos sucesso a toda equipe da Escola Municipal Albert Sabin!


 

Quer saber mais sobre o projeto?

Entre em contato com a Unidade Escolar:
Escola Municipal  Albert Sabin
Telefone: 3458-1886 / 3458-2227
E-mail: emsabin@rioeduca.net

 

Compartilhe os projetos e ações de sua escola!

 

 

 

 

                               

 

 

 

 


  

Segunda-feira, 01/02/2016

Orientações Curriculares 2016

Tags: orientações, curriculares.

 

 

 

 

 

 


 


 

(Em processo de revisão)

 

(Em processo de revisão)

 

(Em processo de revisão)

 


 


 

 (Em processo de revisão)